Climate Science Glossary

Term Lookup

Enter a term in the search box to find its definition.

Settings

Use the controls in the far right panel to increase or decrease the number of terms automatically displayed (or to completely turn that feature off).

Term Lookup

Settings


All IPCC definitions taken from Climate Change 2007: The Physical Science Basis. Working Group I Contribution to the Fourth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change, Annex I, Glossary, pp. 941-954. Cambridge University Press.

Home Arguments Software Resources Comments The Consensus Project Translations About Donate

Twitter Facebook YouTube Pinterest

RSS Posts RSS Comments Email Subscribe


Climate's changed before
It's the sun
It's not bad
There is no consensus
It's cooling
Models are unreliable
Temp record is unreliable
Animals and plants can adapt
It hasn't warmed since 1998
Antarctica is gaining ice
View All Arguments...



Username
Password
Keep me logged in
New? Register here
Forgot your password?

Latest Posts

Archives

Climate Hustle

Os argumentos céticos e o que a ciência diz sobre eles

Blog Posts

Argumento cético

O que a ciência diz

1 "O clima sempre mudou"

Mudanças climáticas naturais do passado mostram que o clima é sensível a um desequilíbrio energético. Se o planeta acumula calor, as temperaturas globais sobem. Atualmente, o CO2 que estamos emitindo está retendo parte da energia que antes escapava de volta para o espaço. As mudanças climáticas do passado, na verdade, são evidência de que o clima é sensível às variações de CO2.

2 "O sol é a causa do aquecimento global?"

Nos últimos 35 anos de aquecimento global, o sol apresentou uma ligeira tendência de resfriamento. Sol e clima têm caminhado em direções opostas.

3 "O aquecimento é ruim?"

Os impactos negativos do aquecimento global na agricultura, saúde, economia, e meio ambiente superam em muito os positivos.

4 "Há consenso científico a respeito do aquecimento global?"

A posição das Academias de Ciências de 19 países, mais várias organizações científicas que estudam climatologia, é que os seres humanos estão causando o aquecimento global. Mais especificamente, 97% dos climatologistas que ativamente publicam estudos endossam a posição do consenso.

5 "O mundo está esfriando?"

Medições empíricas do conteúdo de calor da Terra mostram que o planeta ainda está acumulando calor e o aquecimento global ainda está ocorrendo. Temperaturas de superfície podem mostrar resfriamento de curto prazo quando se troca calor entre a atmosfera e o oceano, que tem muito mais capacidade de armazenar calor do que o ar.

6 "Qual a confiabilidade dos modelos climáticos?"

Embora haja incertezas nos modelos climáticos, eles conseguem reproduzir com sucesso o passado e fizeram predições que foram subseqüentemente confirmadas pelas observações.

7 "As medições de temperatura de superfície são confiáveis?"

Vários estudos sobre o efeito de ilhas urbanas de calor e influência da localização dos medidores concluíram que eles têm influência desprezível nas tendências de longo prazo, particularmente quando feita a média de regiões extensas.

8 "Animais e plantas podem se adaptar ao aquecimento global?"

Um grande número de extinções em massa do passado foram atribuídas com grande certeza a mudanças climáticas globais. Devido à grande rapidez da atual mudança do clima, torna-se simplesmente impossível para a maioria das espécies adaptar-se pelas maneiras usuais (migrando, por exemplo). As mudanças globais são abrangentes demais e estão ocorrendo muito rapidamente.

9 "O aquecimento global parou em 1998?"

O planeta continuou a acumular calor desde 1998 - o aquecimento global ainda está acontecendo. No entanto, as temperaturas de superfície mostram muita variabilidade interna devido à troca de calor entre os oceanos e a atmosfera. 1998 foi um ano particularmente quente devido a um forte El Niño.

10 "A Antártica está perdendo ou ganhando gelo?"

Enquanto o interior da Antártica Oriental está ganhando gelo, a Antártica como um todo está perdendo gelo continental cada vez mais rapidamente. O gelo oceânico antártico está aumentando apesar do Oceano Antártico estar se aquecendo intensamente.

11 "Os cientistas previram uma Era Glacial iminente nos anos 70?"

As previsões de uma Era Glacial da dácada de 70 foram baseadas principalmente na mídia. A maioria das pesquisas daquele período, publicadas em periódicos científicos e revisadas por pares, já previam o aquecimento causado pelo aumento de CO2.

12 "O CO2 sobe depois da temperatura - o que isso significa?"

Quando a Terra sai de uma Era Glacial, o aquecimento não é iniciado pelo CO2, mas sim por mudanças na órbita terrestre. O aquecimento provoca a liberação de CO2 pelos oceanos. O CO2 amplifica aquele aquecimento inicial, espalhando o aquecimento por todo o planeta. Portanto, o CO2 causa aquecimento E TAMBÉM o aumento de temperatura causa aumento de CO2. Ao todo, 90% do aquecimento acontece depois do aumento de CO2.

13 "Qual é a sensibilidade do clima da Terra?"

Alguns 'céticos' do aquecimento global argumentam que a sensibilidade climática da Terra é tão baixa que, se dobrássemos a concentração atmosférica de CO2, isso resultaria num aumento de temperatura da ordem de 1 ºC ou menos, e portanto não precisamos nos preocupar com o aquecimento global. Todavia, valores tão pequenos são inconsistente com vários estudos usando ampla variedade de métodos, incluindo (i) dados de paleoclima, (ii) valores empíricos recentes, e (iii) modelos climáticos de aceitação geral.

14 "Estamos nos aproximando de uma nova Era Glacial?"

O efeito de aquecimento de CO2 que adicionamos à atmosfera é muito maior que a influência de mudanças na órbita da Terra ou da atividade solar, mesmo que esta caísse para os níveis do Mínimo de Maunder.

15 "Que evidências existem para o 'taco de hóquei'?"

Desde que o artigo sobre o 'taco de hóquei' foi publicado em 1998, tem havido uma série de estudos de testemunhos de paleoclima (registros usados para medições indiretas de temperatura) analisando uma variedade de fontes, incluindo corais, estalagmites, anéis de árvores, sondagens geológicas e testemunhos de gelo (amostra da acumulação de gelo durante diversos anos que recristalizou e aprisionou bolhas de ar de vários períodos diferentes). Todos eles confirmam a conclusão inicial do 'taco de hóquei': o século 20 é o mais quente dos últimos 1000 anos e que o aquecimento foi mais dramática após 1920.

16 "O que os e-mails hackeados da CRU, sobre o "Climategate", têm a nos dizer?"

Apesar de alguns dos e-mails do CRU parecerem condenatórios quando citados fora do contexto, diversas investigações inocentaram os cientistas. O Independent Climate Change Email Review colocou os e-mails no contexto ao investigar as principais alegações. Eles afirmaram que o rigor e a honestidade dos cientistas não estão em dúvida, e que o comportamento não prejudicou as conclusões do IPCC, apesar de terem falhado em exibir o grau de transparência adequado. Os e-mails do CRU não negam a montanha de evidências do aquecimento global antrópico.

17 "Qual a relação entre furacões e o aquecimento global?"

Não está claro se o aquecimento global está aumentando a frequência dos furacões, mas há evidências crescentes de que o aquecimento aumenta a intensidade destes.

18 "O documentário de Al Gore “Uma Verdade Inconveniente” é tendencioso?"

Apesar de pequenos erros no documentário “Uma Verdade Inconveniente”, a afirmação principal de que a humanidade está causando o aquecimento global é consistente com a literatura científica especializada.

19 " As geleiras estão crescendo ou recuando?"

Enquanto existem casos isolados de geleiras aumentando, a tendência esmagadora nas geleiras ao redor do mundo é o recuo. De fato, a taxa global de degelo tem se acelerado desde a metade dos anos 1970.

20 "Qual a relação entre os raios cósmicos e as mudanças climáticas?"

Enquanto que a ligação entre os raios cósmicos e a cobertura de nuvens ainda não foi confirmada, é mais importante saber que não existe uma correlação entre raios cósmicos e as temperaturas globais nos últimos 30 anos de aquecimento global. De fato, nos últimos anos, quando os raios cósmicos deveriam estar tendo seus maiores efeitos de resfriamento no registro, as temperaturas têm sido as mais altas registradas.

21 "1934 é o ano mais quente já registrado"

1934 costumava ser o ano mais quente nos registros dos EUA (2012 é agora o mais quente, por uma grande margem), mas os EUA representam apenas 2% do globo terrestre. De acordo com os registros de temperatura da NASA, os anos mais quentes já registrados globalmente foram 2005 e 2010.

22 "O tempo frio refuta o aquecimento global?"

Desde a metade dos anos 1970, as temperaturas globais têm aumentado em aproximadamente 0.2 graus Celsius por década. Contudo, o clima meteorológico impõe seus próprios altos e baixos dramáticos nas tendências de longo prazo. Esperam-se recordes de baixas temperaturas mesmo durante o aquecimento global. Apesar disso, durante a última década, recordes diários de altas temperaturas ocorreram com duas vezes mais frequência do que recordes de baixas temperaturas. Prevê-se que essa tendência em direção a dias mais quentes aumente conforme o aquecimento global continua ao longo do século 21.

23 "O quanto o nível dos oceanos está aumentando?  "

O nível dos oceanos é medido por uma variedade de métodos que apresentam ótima concordância - testemunhos de sedimentos, medidores de maré, medições de satélite. O que eles mostram é que o aumento do nível do mar tem se acelerado ao longo do último século.

 

24 "O efeito das ilhas de calor urbanas acentuam as tendências de aquecimento global?"

Enquanto as áreas urbanas são indubitavelmente mais quentes do que as áreas rurais a sua volta, este fato tem tido pouco ou nenhum impacto sobre as tendências de aquecimento.

25 "Aquecimento global em Marte, o gelo das calotas está derretendo"

O clima marciano é controlado, principalmente, pela poeira e pelo albedo e há poucas evidências empíricas de que Marte esteja sofrendo um aquecimento de longo prazo.

26 "O derretimento do Ártico é um ciclo natural"

O gelo marinho no Ártico tem recuado ao longo dos últimos 30 anos. A taxa do recuo está acelerando e, de fato, está excedendo as previsões da maioria dos modelos.

 

27 "Como sabemos que o aumento do CO2 está causando aquecimento?"

Um aumento no efeito estufa causado pelo CO2 tem sido confirmado por múltiplas linhas de evidências empíricas. Medições de satélite no espectro infravermelho dos últimos 40 anos mostram menos energia escapando para o espaço nos comprimentos de onda associados com o CO2. Já as medições da superfície encontraram mais radiação infravermelha descendente aquecendo a superfície do planeta. Isso demonstra uma ligação causal empírica e direta entre o CO2 e o aquecimento global.

28 "O resfriamento dos oceanos prova que o aquecimento global parou?"

 Estimativas iniciais do calor dos oceanos pela rede Argo mostraram uma tendência de resfriamento devido a problemas no sensor de pressão dos equipamentos. Estimativas atuais do calor dos oceanos que levam em consideração essa tendência mostram uma continuidade no aquecimento da porção superior dos oceanos. Isso é confirmado por estimativas independentes assim como por medições mais abrangentes até 2000 metros de profundidade.

29 "É um ciclo de 1500 anos"

Os ciclos naturais antigos são irrelevantes para atribuir o recente aquecimento global aos humanos

30 "O quanto as emissões de CO2 antrópicas se comparam às emissões naturais?"

O CO2 emitido pela natureza (pelos oceanos e pela vegetação) é equilibrado pela absorção natural (novamente pelos oceanos e vegetação). Assim, as emissões antrópicas perturbam o balanço natural, levando o CO2 a níveis nunca antes vistos em 800.000 anos. De fato, humanos emitem 26 gigatoneladas de CO2 por ano, enquanto que as concentrações de CO2 na atmosfera estão aumentando apenas 15 gigatoneladas - muito das emissões antrópicas estão sendo absorvidas por sumidouros naturais.

31 "Por que é mais provável que o IPCC subestime a resposta climática"

Os principais autores do IPCC são peritos na suas respectivas áreas, encarregados de representar fielmente toda a gama de atualizações encontradas na literatura especializada. Consequentemente, os relatórios do IPCC tendem a ser cautelosos em suas conclusões. As comparações dos dados mais recentes mostram de forma consistente que as mudanças climáticas estão ocorrendo mais rapidamente e intensamente do que as previsões do IPCC indicavam.

32 "Explicando como o vapor d'água atua no efeito estufa"

O vapor d'água é o gás de efeito estufa mais dominante. Ele também é o mais forte feedback positivo do nosso clima, amplificando qualquer aquecimento causado pelas mudanças nas concentrações de CO2 atmosférico. O feedback positivo é a explicação da sensibilidade do nosso clima ao aquecimento pelo CO2.

33 "Como o aquecimento global afetará os ursos polares?"

Os ursos polares estão sob risco de extinção assim como muitas outras espécies

34 "A Groelândia já foi verde"

O manto de gelo da Groelândia existe há pelo menos 400.000 anos e o aquecimento ocorrido quando os europeus se estabeleceram lá, há 1000 anos atrás, não foi em escala global.

35 "Estão acontecendo mudanças climáticas em outros planetas do sistema solar?"

Há três erros fundamentais no argumento de que 'outros planetas estão aquecendo'. Nem todos os planetas do sistema solar estão aquecendo. O sol não vem demonstrando nenhuma tendência de longo prazo desde 1950. De fato, ele está mostrando uma ligeira tendência de resfriamento nas últimas décadas. Existem outras explicações para o aquecimento dos outros planetas.

36 "Como terminou a Pequena Idade do Gelo?"

Os principais fatores para o arrefecimento na Pequena Idade do Gelo foram a diminuição da atividade solar e o aumento da atividade vulcânica. Esses fatores não podem explicar o aquecimento global observado nos últimos 50-100 anos. Além disso, é fisicamente incorreto afirmar que o planeta está simplesmente "se recuperando" da Pequena Idade do Gelo.

37 " Por que o clima esfriou na metade do século 20?"

 A temperatura média global da superfície diminuiu ligeiramente de 1940 a 1975. A principal razão por trás desse resfriamento nos meados do século foi o escurecimento global causado pelas emissões antrópicas de aerossóis de sulfato.

38 "O que causou o aquecimento do início do século XX?"

Mesmo que as forçantes naturais possam ser responsabilizadas por muito do aquecimento do início do século XX, a humanidade também teve sua contribuição. Ainda, o aquecimento do início do século não foi tão grande nem tão rápido quanto o ocorrido no final do século, quando estes fatores naturais não contribuíram de maneira tão significativa.

Mas, mais importante que isso, nós não assumimos que o aquecimento atual está sendo causado pela ação antrópica só por ser "inédito" ou mais rápido e mais significativo do que os eventos naturais prévios. Nós sabemos que o aquecimento atual é antrópico por que é isso que as evidências físicas nos mostram.

 

39 "Satélites mostram que a troposfera não está aquecendo"

Medições de satélite mostram o aquecimento da troposfera quando a tendência de arrefecimento da estratosfera é removida. As tendências de aquecimento coincidem com as temperaturas de superfície e previsões dos modelos, exceto para a região dos pólos. As diferenças entre as várias análises são, em grande parte, devidas às técnicas utilizadas e ao tratamento dos dados de satélite.

40 "A perda de gelo no Monte Kilimanjaro se deve ao uso da terra"

A redução da geleira do Monte Kilimanjaro é complexa e não se deve somente ao aquecimento global. No entanto, isso não significa que a Terra não está aquecendo. Existem grandes evidências de que a temperatura média da Terra vem aumentando nos últimos 100 anos e o declínio das geleiras de média e alta altitudes é uma das principais peças dessa evidência.



The Consensus Project Website

TEXTBOOK

THE ESCALATOR

(free to republish)

THE DEBUNKING HANDBOOK

BOOK NOW AVAILABLE

The Scientific Guide to
Global Warming Skepticism

Smartphone Apps

iPhone
Android
Nokia

© Copyright 2016 John Cook
Home | Links | Translations | About Us | Contact Us